Revista Vogue que começa a ser vendida hoje no reino Unido conta com a participação da duquesa de Sussex. Megan também lança coleção em parceria com ONG que ajuda na inserção de mulheres no mundo laboral

Capa da edição especial de Vogue está dedicada a mulheres inspiradoras admiradas por Megan Markle

A Revista Vogue que começou a circular hoje no Reino Unido conta uma colaboração especial. A duquesa de Sussex, Meghan Markle, atuou como editora ao lado da equipe comandada por Edward Enninful, decidindo o conteúdo da capa e das reportagens e entrevista. A edição, considerada a mais importante do ano, enfoca nos valores, causas e pessoas que estão tendo impacto no mundo de hoje, segundo a própria Megan anunciou através de suas redes sociais. O lançamento coincide com o anúncio de que a duquesa está a frente de uma coleção de moda em parceria com a organização Smart Works, que ajuda na inclusão de mulheres desempregadas no mercado de trabalho, do qual é embaixadora.
A “September Issue” (edição de setembro) de Vogue é considerada a “Bíblia da Moda”. Não apenas pelo volume do conteúdo que aporta, senão porque dita as tendências da próxima temporada. Megan há compaginado o conteúdo com temas cruciais para ela, como raça, mulheres, desigualdade e saúde mental. A capa traz fotos de 15 mulheres “unidas pela sua valentia rompendo barreiras”, como descreve.
São do mundo da política, do esporte e artes, consideradas inspiradoras para nossa época e admiradas por Megan. A seleção das imagens foi feita pela duquesa e Enninful a partir do acervo produzido pelo fotógrafo Peter Lindberg. Entre elas está a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Adern, a atriz Jane Fonda, a ativista Greta Thumberg, a defensora, atriz e produtora LGBT+ Laverne Cox, sendo a primeira pessoa transexual na capa da Vogue britânica. Além delas, a  ativista e modelo Adwoa Aboah, a ex-refugiada e modelo AdutAkech e Rami Ali, outra refugiada e boxeadora, entre outras. A foto 16 representa um espelho, a pedido de Megan, para que as leitoras se verem refletidas.
A edição inclui uma entrevista feita por Megan com a ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, outra que fez história na defesa das mulheres e dos direitos humanos em seus discursos. “Agradeço a todos os amigos  que me apoiaram neste esforço, prestando seu esforço e  energia para ajudar dentro destas página e na capa”, agradece Megan
que participa da edição de todas as páginas.
MODA – Ao mesmo tempo a duquesa se lança no mundo da moda com o lançamento de uma coleção outono inverno destinada a mulheres que estão em busca de emprego, na qual contou com a participação de John Lewis, a desenhadora norte americana. Misha Nonoo, a empresa britânica Jigsaw e a equipe criativa de Mrks & Spencer. A ideia da coleção é que a mulher se sinta “segura e inspirada quando faça entrevistas de trabalho. Para cada peça vendida, será doada outra para a fundação Smart Works.
“Seguirá o padrão um por um, no qual um artigo da coleção comprado será compartilhado com uma mulher atendida pela Smart Works.
Megan explica que se sentiu atraída pelo projeto porque a organização
sem fins lucrativos reformula a ideia de caridade como comunidade.Ӄ
um projeto cooperativo e respeituoso. Não apenas nos permite ser parte da história do outro, mas também nos recorda que estamos junto nisso”, comenta Megan.