Consórcio formado por 38 membros, entre empresas públicas e privadas, lança nova página web após forçada paralisação das atividades em 2017 durante a Intenvenção do governo espanhol na Catalunha

Nova página disponibiliza textos em seis idiomas

A Diplomacia Pública da Catalunha (Diplocat) reabriu sua página web, após quase dois anos de inatividade. O domínio http://diplocat.cat foi retirado da rede mundial de computadores em 2017, quando houve a intervenção do governo espanhol na Catalunha, com a aplicação do artigo 155 da constituição. Na ocasião, a entidade quase foi extinta, a pesar de se tratar de um consórcio formado por entidades públicas e privadas. Contudo, o governo da Catalunha conseguiu reverter a medida.

A informação da página web, segundo o Diplocat, se organiza com base em três grandes eixos da entidade: Conectamos, Projetamos e Capacitamos. Nesta nova etapa, se dá uma maior visibilidade aos 38 membros integrantes do consórcio, com objetivo de sublinhar seu caráter plural e transversal.

Toda a parte estática da página está disponível em seis idiomas: catalão, castelhano, aranês, inglês, francês e alemão. As notícias sobre atualidade poderão ser lidas em ao menos três idiomas: catalão, castelhano e inglês. O Diplocat ressalta que sua página web é uma das poucas institucionais que incluem o aranês, uma das três línguas oficiais da Catalunha. O Conselho Geral de Aran e as prefeitura de Vielha e Mijaran formam parte do Diplocat.

A nova web também serviu de plataforma de lançamento para o vídeo institucional que explica o que é o Diplocat e em que consiste o trabalho de diplomacia pública. O vídeo está disponível neste link.

Após o parêntese obrigado pela aplicação do 155, a entidade está recuperando a normalidade. Há duas semanas voltou a organizar uma atividade pública fora da Catalunha, na Paris School of Economics, e na semana passada organizou um Congreso sobre Formação Profissional com a PIMEC en Barcelona