Coletivo Brasil Catalunya premia oito mulheres e oito coletivos de brasileiras em evento realizado em Barcelona

Pelo décimo ano consecutivo, mulheres brasileras que se destacam desenvolvendo no trabalho ou projetos e atividade fora do Brasil são homenageadas pelo Coletivo Brasil Catalunya, impulsionado pelo sociólogo Flávio Carvalho. O evento acontecerá hoje, às 18h, no Centro Cultural Albareda.

A programação inclui saudação às participantes e entrega das homenagens seguida de confraternização com show da cantora Namina. Este ano haverá anúncio do Prêmio Especial e Poesia Feminista, que será concedido à prefeita de Barcelona, Ada Colau. Serão homenageadas oito mulheres, individualmente, e oito coletivos, fundamentalmente articulados, organizados, idealizados não somente pela maioria quantitativa de mulheres, mas pela qualidade das representações que exercem.

“Cada dia 8 de março ou próximo à data, como hoje,  desde o ano 2009, realizamos um ato simbólico de homenagem ao papel destacado das mulheres brasileiras que desenvolvem algum trabalho, projeto ou atividade de destaque fora do nosso país. Também aproveitamos pra homenagear mulheres que não são brasileiras, mas que contribuem para estreitar os vínculos solidários com o Brasil”, explica Carvalho.

Carvalho explica que o Coletivo Brasil Catalunya existe desde o ano 2007, ora como associação, ora como um bom grupo de pessoas – não somente brasileiras – que se articula em rede em defesa de interesses comuns. “Em todos esses anos foram dezenas de mulheres em um processo que pretendemos recuperar e fazer maior difusão dos seus trabalhos, dos seus perfis e das suas histórias de vida.

O sociólogo ressalta que não deveria ser pouco importante que os brasileiro sejam um dos contingentes populacionais migrantes proporcionalmente mais significativos em toda a Europa (aproximadamente 65% de mulheres sobre um menor número de homens). Coletivo inegavelmente estereotipado sobre o ´ser mulher brasileira, principalmente fora do Brasil´ e que isso se desdobra na comprovação de que mais de 80% dos coletivos, espaços e empreendimentos socioculturais são protagonizados pela forte presença feminina – brasileira, em nosso caso”.

Durante a gestão do embaixador Sergio Serra como Cônsul-Geral do Brasil em Barcelona, a homenagem foi prestada conjuntamente entre a sociedade civil, Coletivo Brasil Catalunha e o Consulado, representação diplomática do Governo do Brasil. Nos anos seguintes, a homenagem voltou a ser organizada exclusivamente, de forma autônoma, pelo movimento associativo.

Abaixo a lista das homenageadas de 2019:

Mirla Riomar

Julia Arrey

Natália Miró do Nascimento

Luisa OCL

Nêga Lucas

Priscilla Barbosa

Mariana Amaral

Nany Matheus

Coletivos:

Brasileiras contra o Fascismo

Amigos da Democracia

Festival Día de Brasil

Festival Sereia

APBC – Associação de Pais de Brasileirinhos na Catalunha

Conselho de Cidadania dos Brasileiros em Barcelona

Asociación cultural S.A.P.E.M (Sambando Alegría por el mundo) – Escola de Samba Alegria de Barcelona

Itacat – agência de comunicação intercultural